Wednesday, January 19, 2011

Representar Portugal já não significa nada?

No espaço de poucos meses, Tiago é o quarto jogador que abdicou de representar a selecção nacional de futebol. Depois de Paulo Ferreira, Miguel e Simão, o jogador do Atlético de Madrid alega «razões pessoais» para deixar de estar disponível para jogar pelo seu país. Aos 29 anos, depois de três golos e 58 internacionalizações pela Selecção A, e longe de ter sido um titular indiscutível desde que foi chamado pela primeira vez, o futebolista natural de Viana do Castelo tomou esta decisão que não pode deixar de ser questionável. É certo que já joga no estrangeiro há várias épocas e que as viagens provocarão algum desgaste, mas numa idade em que se diz que a generalidade dos jogadores atinge a sua maturidade, Tiago ainda poderia ser útil a Portugal. De resto, considero que envergar a camisola do nosso país deve ser sempre um motivo de orgulho e de alegria, mas parece que esse sentimento está longe de ser unânime nos tempos que correm.

1 comment :

Raposão said...

olá, proposta de parceria achei seu bem criativo!! se aceitar a proposta de parceria me avise??
abração

Raposão,

http://raposaodemolidor.blogspot.com/p/parceria.html