Monday, December 23, 2013

Boas Festas para todos!

Desejo um Feliz Natal e um excelente Ano Novo a todos os leitores, amigos e comentadores deste espaço. E até 2014!

 Adiram ao blog no facebook em

Thursday, December 19, 2013

Um onze de brasileiros naturalizados em actividade

Diego Costa é o último de uma vasta legião de futebolistas nascidos no Brasil que optaram por representar outra selecção. Este caso ganhou maiores contornos mediáticos porque, ao contrário do que sucedeu na esmagadora maioria das restantes situações, o ponta-de-lança foi chamado para representar o país onde nasceu e que até chegou a representar por duas vezes. De resto, o avançado do Atlético de Madrid só não se estreou já com a camisola da “roja” porque uma inoportuna lesão o impediu de defrontar a Guiné Equatorial e a África do Sul, em jogos amigáveis realizados em Novembro.

São vários os exemplos de atletas nascidos no Brasil que no Mundial do próximo ano poderão defrontar a selecção comandada por Luiz Felipe Scolari. Os caprichos do sorteio ditaram, desde logo, que o país anfitrião ficasse no mesmo grupo da Croácia e do México, daí que, à partida, Eduardo da Silva e Zinha possam jogar contra a pátria que os viu nascer. Mas há mais casos e por isso elaborei um onze de brasileiros naturalizados que ainda estão em actividade:
GR - Danilo (Guiné Equatorial/Alecrim), 31 anos;
DEF - Matías Aguirregaray (Uruguai/Estudiantes), 24 anos;
DEF - Douglas (Holanda/Dínamo de Moscovo), 25 anos;
DEF – Pepe (Portugal/Real Madrid), 30 anos;
DEF - Marcus Túlio Tanaka (Japão/Nagoya Grampus), 32 anos;
MED – Thiago Motta (Itália/PSG), 31 anos;
MED - Benny Feilhaber (Estados Unidos/Sporting KC), 28 anos;
MED - Edmar Aparecida (Ucrânia/Metalist Kharkiv), 33 anos (na foto em cima);
MED – Eduardo da Silva (Croácia/Shakhtar Donetsk), 30 anos; 
MED – Zinha (México/Toluca), 37 anos;
 AV. - Marcos Pizzelli (Arménia/FK Krasnodar), 29 anos (foto em baixo);
E ainda há o “polaco” Roger Guerreiro, o “bielorruso” Renan Bressan, o “búlgaro” Marquinhos, o “belga” Igor de Camargo ou os “alemães” Cacau e Kevin Kurányi.

 Adiram ao blog no facebook em

Thursday, December 05, 2013

Stélvio: do Milan ao Luxemburgo passaram apenas seis anos

Formado nas camadas jovens do Sporting de Braga, Stélvio Cruz estreou-se na equipa principal do clube minhoto com apenas 18 anos (época 2007/2008) e impressionou pela sua estampa física e poder de impulsão, para além de elevado sentido táctico que lhe permitia jogar a central ou a trinco com a mesma eficácia. Stélvio vivia então um sonho, pois para além de ter sido convocado para a selecção sub-21 de Portugal, ainda foi alvo de observadores do Milan e Juventus que terão seguido de perto a sua evolução. Na altura, o filho de Filipe Cruz, ex-andebolista internacional por Portugal, chegou até a ser comparado com o ex-internacional francês Patrick Vieira.

O jovem foi conquistando o seu espaço e utilizado com regularidade, até que na época 2009/2010 e, de forma algo surpreendente, o recém-chegado Domingos entendeu que Stélvio deveria rodar uma época por empréstimo na União de Leiria e a partir daí a carreira do promissor atleta entrou em declínio. Foi depois emprestado aos angolanos do 1º de Agosto e do Recreativo do Libolo, tendo pelo meio “roído a corda” a um empréstimo ao Sporting da Covilhã. Em 2010 respondeu positivamente ao apelo de Manuel José e representou Angola, país onde nasceu, na CAN, tendo sido titular nos três jogos.

Em 2012, já desvinculado do Sporting de Braga, representou o Recreativo da Caála e na época passada voltou à Europa, tendo assinado pelos cipriotas do Alki Larnaca, onde até fez uma campanha positiva, sendo titular na maioria dos jogos. Mais uma vez de forma surpreendente assinou no início desta temporada pelos amadores do F91 Dudelange, actual segundo classificado do campeonato do Luxemburgo. Que futuro estará reservado para Stélvio?

 Adiram ao blog no facebook em

Monday, December 02, 2013

Fredy Montero considerado a melhor contratação

Sem grande surpresa, Fredy Montero foi considerado a melhor contratação para o campeonato português desta época, ao recolher a escolha de 82 dos 148 leitores que participaram. O ponta-de-lança colombiano que o Sporting foi “descobrir” nos norte-americanos dos Seattle Sounders “pegou de estaca” em Alvalade e lidera a lista dos melhores marcadores com 11 golos em 11 jogos... Números que falam por si e são reveladores da importância que o avançado de 26 anos adquiriu no conjunto de Leonardo Jardim.

Na segunda posição com 39 votos ficou Lazar Markovic, jovem sérvio do Benfica que já marcou alguns golos importantes, mas tarda em conseguir a estabilidade desejada no 11 de Jorge Jesus. Em terceiro, ficou o também colombiano Juan Quintero com 16 votos, seguindo-se o seu companheiro de equipa Josué com 5. Nas posições seguintes ficaram Derley (Marítimo) e Ramon Cardozo, ambos com dois, enquanto Licá e Maurício recolheram apenas um voto. Entretanto, está aberta nova votação sobre o maior “flop” que esta época chegou à liga portuguesa. Votem!

 Adiram ao blog no facebook em

Monday, November 25, 2013

Porque é que o futebol distrital (às vezes) é muito mais interessante do que o nacional?

Só nos Distritais é que ainda vai havendo campos pelados e sem vedações, o que permite aos adeptos ficarem a um “esticar de braço” de atletas e dos árbitros assistentes;

Nos Distritais há mais probabilidade de encontrarmos familiares de jogadores e não é raro haver picardias e “bocas” de parte a parte...;

Só nos Distritais é que a mãe de um jogador aplaude um remate disparatado do filho e se cala perante um “é que és um burro” vindo de outra parte da assistência;

Só nos Distritais é que essa mesma mãe desata a correr em direcção ao seu filho quando este acaba de ser “ceifado” por um adversário;

Só nos Distritais é que essa mesma mãe chama “filho da p#$a” ao jogador que deitou o seu filho ao chão e tem o azar da mãe do outro atleta também estar no campo...

Só nos Distritais é que o jogador momentaneamente está mais preocupado com a confusão que a sua mãe está a armar fora do campo do que com o próprio jogo e lhe pergunta se está maluca, juntando um “ajustado” palavrão acabado em “alho”...

 Adiram ao blog no facebook em

Thursday, November 21, 2013

A farsa dos play-off intercontinentais

Como já era expectável, não passaram de meras formalidades os dois play-off intercontinentais de apuramento para o Mundial que colocaram frente a frente o quarto classificado da CONCACAF (América do Norte, Central e Caraíbas) e o vencedor da Oceânia, bem como o quinto da CONMEBOL (América do Sul) e o vencedor do play-off da zona asiática. México e Uruguai não tiveram qualquer problema em eliminarem, respectivamente, a Nova Zelândia e a Jordânia.

O seleccionador mexicano deu-se inclusivamente ao luxo de utilizar apenas jogadores que actuam no campeonato local e, ainda assim, os resultados dos dois jogos não deixam dúvidas (5-1 e 2-4). Já o Uruguai foi à Jordânia, treinada pelo mítico goleador egipcío Hossam Hassam, golear por 5-0 e em casa em clima de festa não fez muito para marcar e o nulo persistiu para gáudio dos asiáticos que nunca tinham ficado tão próximos de um Mundial....

À partida, as duas vagas já estariam mais que atribuídas, daí que seria preferível que México e Uruguai tivessem lutado por um lugar, enquanto que Jordânia e Nova Zelândia – que há quatro anos garantiu a presença na África do Sul depois de eliminar o Bahrain - disputariam o outro... Teria feito muito mais sentido senhor Blatter, mas os interesses económicos falam mais alto não é?

 Adiram ao blog no facebook em

Wednesday, November 20, 2013

Noite de sonho de Cristiano garante ida de Portugal ao Brasil

Cristiano Ronaldo fez esta noite a sua melhor exibição de sempre ao serviço da selecção portuguesa ao apontar um espectacular "hat-trick" que calou por completo os suecos que ainda acreditaram na qualificação quando Zlatan Ibrahimovic “virou” o resultado a favor dos nórdicos. Contudo, a noite era mesmo do capitão da equipa das quinas que marcou três golos e ainda esteve muito perto de fazer o quarto, já em tempo de compensação, garantindo a ida de Portugal ao Mundial do Brasil. Dados os números de “outro mundo” que apresenta este ano e por muito que isso custe a Joseph Blatter, CR7 mostrou esta noite que desta vez será uma tremenda injustiça se a Bola de Ouro não for para o craque do Real Madrid.

 Adiram ao blog no facebook em

Monday, November 04, 2013

O jogador que não é bom, é Todo Bom

Apesar da sua baixa estatura, João não se intimida perante adversários de maior envergadura. João é um extremo habilidoso e veloz que compensa os centímetros a menos com raça e querer para “dar e vender”. Como senão bastasse, o jovem João destaca-se dos companheiros e adversários pelo nome que usa na camisola que enverga quando entra em campo com a camisola do Sporting da Mêda, segundo classificado do Distrital da Guarda. Não é alcunha, Todo Bom é mesmo um apelido com tradição naquele concelho.

 Adiram ao blog no facebook em

Friday, November 01, 2013

Fernando já jogou pelo Brasil e foi suspenso (um ano) por agredir um árbitro

«Nunca ninguém da seleção brasileira me procurou. Sinto-me também um pouco português. A minha história foi toda feita aqui. Não tenho história no Brasil. Já são sete anos desde a minha transferência para o FC Porto, a minha filha nasceu aqui, tenho residência, a minha família gosta daqui, sente-se acolhida». Quem ouve Fernando falar poderá ficar com a ideia de que o trinco saiu do seu país como um perfeito desconhecido como sucedeu, por exemplo, com Hulk ou Pepe. Puro engano. O trinco do FC Porto saiu do seu país com 19 anos, mas representou o país onde nasceu nas camadas jovens e sagrou-se mesmo campeão sul-americano de sub-20, competição onde agrediu um árbitro no jogo contra o Chile. Esse gesto irreflectido custou-lhe um ano de suspensão e, desde aí, nunca mais representou a “canarinha”.

É curioso que este caso da agressão tenha sido bastante “abafado” em Portugal mas é uma “mancha” na carreira do jogador que é um exemplo de profissionalismo no campeão nacional. Fernando Reges, hoje com 26 anos, foi contratado ao Vila Nova e na primeira época em Portugal foi emprestado ao Estrela da Amadora. A partir daí fixou-se no plantel principal do FC Porto e rapidamente se transformou numa pedra basilar no esquema da equipa, onde ganhou a alcunha de “polvo”. Agora, e depois de ver que não cabe nas escolhas de Scolari mostra-se disponível para representar a selecção portuguesa. Paulo Bento é que parece não estar para aí virado...

 Adiram ao blog no facebook em

Friday, October 25, 2013

Rudi Garcia com estreia de sonho em Itália

Melhor era impossível. Até ao momento, na época de estreia de Rudi Garcia, a AS Roma obteve oito vitórias nos oito jogos disputados até ao momento na Serie A e apenas um golo sofrido. O técnico francês pegou numa equipa que na época passada nem o apuramento para as competições europeias conseguiu e transformou-a numa séria candidata à conquista do “Scudetto”, isto apesar de ter perdido algumas referências importantes como Marquinhos (PSG), Erik Lamela (Tottenham) ou Pablo Osvaldo (Southampton).

Em contrapartida, reforçou-se com o veterano guarda-redes italiano Morgan De Sanctis (36 anos), o marroquino Mehdi Benatia, o holandês Kevin Strootman, o sérvio Adem Ljajic ou o costa-marfinense Gervinho, um velho conhecido de Rudi Garcia, já que os dois levaram o Lille à “dobradinha” em França, conquistando campeonato e taça em 2010/2011. O técnico francês de 49 anos construiu uma equipa tremendamente compacta (22 golos marcados e um sofrido) em que o veterano capitão Francesco Totti continua a ser uma referência. Curiosamente, não há um jogador que se destaque em termos de golos marcados – o melhor marcador é o jovem médio Alessandro Florenzi, com quatro golos. É certo que ainda há muito campeonato por disputar, mas Rudi Garcia tem o mérito de estar a criar impacto imediato na sua primeira época em Itália.

 Adiram ao blog no facebook em

Friday, October 18, 2013

Fábio Paim novamente sem clube...

Durou apenas dois meses a "aventura" de Fábio Paim na AD Oliveirense, que milita no Campeonato Nacional de Seniores. O extremo formado no Sporting jogou apenas 27 minutos – na segunda jornada na derrota com o Vizela por 2-0 - pelo clube de Oliveira de Santa Maria, concelho de Famalicão, e já recebeu “guia de marcha”. As más línguas dizem que o outrora promissor atleta não soube aproveitar mais esta nova oportunidade para “renascer” futebolisticamente e que se deixou seduzir mais uma vez pelos “prazeres da noite”. O clube, na sua página de facebook, só confirma que o jogador de 25 anos foi dispensado por «razões internas».

Fábio Paim chegou a ser apresentado no Veria FC, do principal escalão da Grécia, no início da presente época, mas divergências com o treinador ditaram o divórcio.... Quando assinou pela AD Oliveirense, o extremo mostrava-se confiante em fazer uma boa época: «As perspectivas são boas. Temos um plantel forte, gente competente e vamos atingir os nossos objectivos com muito trabalho. Estou cá para ajudar os meus colegas e mostrar ao mundo do futebol que ainda estou cá. Vontade não me falta», garantia na altura o futebolista que tinha condições para poder ser dos melhores do mundo, mas quando a “cabeça não tem juízo...”

 Adiram ao blog no facebook em

Thursday, October 17, 2013

Miúdo de 13 anos disputa Mundial de sub-17

Não é de agora que a veracidade das idades dos atletas nascidos em África provoca desconfiança que se adensa aquando da realização dos diversos campeonatos continentais ou mundiais. O Mundial de sub-17 que hoje começa nos Emirados Árabes Unidos não é excepção e a Costa do Marfim convocou três atletas nascidos em 1999, quando a esmagadora maioria das restantes selecções chamou jogadores nascidos em 1996 e 1997. O caso mais gritante é o de Braciano Ta Bi, médio costa-marfinense, que com apenas 13 anos é o mais novo de todos os convocados das 24 selecções presentes e que, caso seja utilizado, poderá defrontar adversários com mais quatro anos. O jogador do Athletic FC Adjame está registado como tendo nascido a 5 de dezembro de 1999, pelo que só daqui a perto de dois meses completará 14 anos.

O seleccionador Ibrahima Kamara já afirmou que deposita grandes esperanças em Braciano Ta Bi para o futuro e que o convocou para que o jovem possa aprender. Também nascidos em 1999, embora já tenham completado 14 anos, foram convocados o defesa Souleymane Diaby e o médio Dogbole Niangbo, ambos do USC Bassam, e que, de acordo com os seus registos, nasceram com apenas dois dias de diferença, tendo festejado os 14 já neste mês de Outubro. A Nigéria é outro dos países da África “negra” que garantiu a qualificação e também chamou dois “benjamins”: o médio Habib Makanjuola, dos ingleses do Chelsea, e o guarda-redes Abdulazeez Abubakar (Nath Boys Academy) que, de acordo com o site da FIFA, mede apenas 1,60 metros...

 Adiram ao blog no facebook em

Monday, October 14, 2013

Avançado do Praiense tem média de dois golos por jogo!

Tem nome de imperador, mas é dentro da grande área que se destaca. Ao cabo de seis jornadas na série G do Campeonato Nacional de Seniores, Marco Aurélio Silva Diogo já marcou 12 golos ao serviço da formação açoriana do Praiense, um feito que lhe confere uma média invejável de dois golos por jogo. Logo na primeira jornada, o ponta-de-lança açoriano de 24 anos bisou frente ao Sporting Ideal. Na segunda ronda fez um “poker” ao 1.º de Dezembro.... Na terceira ficou em branco, até que na quarta marcou cinco ao Futebol Benfica. Na quinta jornada também não marcou e na sexta marcou “só” um ao Elvas. O feito de Marco Aurélio ganha ainda maior destaque quando se constata que não marcou nenhuma vez de penálti. A continuar assim, este verdadeiro “matador” não deverá ficar no Praiense, onde cumpre a sua segunda época, por muito mais tempo. Antes, representou o Rabo de Peixe, Sporting de Espinho, União Micaelense, Operário, Chaves, juniores do FC Porto e juvenis do Santa Clara.

 Adiram ao blog no facebook em

Monday, October 07, 2013

Se ainda houvesse Jugoslávia...

Em 1987, a Jugoslávia sagrou-se campeã mundial de sub-20 com um grupo treinado por Mirko Jozic onde pontificavam atletas como Robert Prosinecki, “bola de ouro” do torneio, Davor Suker, segundo melhor marcador da competição, Zvonimir Boban, Predrag Mijatovic e Robert Jarni. Um pouco mais velhos ainda havia Srecko Katanec, Dragan Stojkovic, Dejan Savicevic e Alen Boksic, que representaram a Jugoslávia no Itália 90. Pouco tempo depois, rebentou a “guerra dos Balcãs” e, sem querer abordar as razões políticas em causa, aquela que tinha tudo para ser uma das selecções mais fortes da Europa foi “esquartejada”, dando origem a várias novas nações... Avançando 23 anos no tempo e extrapolando que a Jugoslávia ainda existia, podíamos ter um onze constituído por estes craques:

GR - Samir Handanovic, Eslovénia/Inter de Milão
DD - Darijo Srna, Croácia/Shakhtar Donetsk
DC - Branislav Ivanovic, Sérvia/Chelsea
DC - Neven Subotic, Sérvia/Borussia Dortmund
DE - Aleksandar Kolarov, Sérvia/Manchester City
MC - Goran Pandev Macedónia/Nápoles
MC - Miralem Pjanic, Bósnia e Herzegovina/Roma
MC - Luka Modric, Croácia/Real Madrid
AV - Mario Mandzukic, Croácia/Bayern de Munique
AV - Edin Dzeko, Bósnia e Herzegovina/Manchester City
AV - Stevan Jovetic, Montenegro/Manchester City

Digam lá que que não seria uma selecção fortíssima?!

 Adiram ao blog no facebook em

Thursday, September 26, 2013

Africanos dominam Liga norueguesa

Há vários anos que as equipas da Tippeligaen, principal liga norueguesa de futebol, “descobriram” o potencial dos futebolistas africanos que em alguns casos proporcionam excelentes retornos, tanto a nível competitivo, como financeiro. A estratégia é descobrir jovens talentos, a baixos custos, para depois os potenciar e vender a clubes de outras ligas mais mediáticas. Dois dos casos mais conhecidos de atletas africanos que escolheram a Noruega como “porta de entrada” na Europa são os dos nigerianos John Obi Mikel (hoje no Chelsea) e Chinedu Obasi (Schalke 04) que jogaram juntos no Lyn, atualmente na terceira divisão do país nórdico. Na presente época 2013, que começou em março e vai acabar em novembro devido ao rigoroso Inverno, são 34 os futebolistas africanos a militarem na Liga norueguesa (11 nigerianos, 9 ganeses, 6 senegaleses, 3 costa-marfinenses, dois marroquinos, enquanto que a Serra Leoa, República Democrática do Congo e Quénia têm um representante. No “top 5” dos marcadores há três africanos, sendo que um, Malick Mané, já se transferiu para os sauditas do Al-Shoalah. Das 16 equipas apenas duas não têm qualquer africano no plantel.

Dada a grande “oferta” disponível, tentei incorporar os melhores no 11 que apresento a seguir:
GR - Adam Kwarasey (Gana/Strømsgodset), 25 anos;
DC - Akeem Latifu (Nigéria/Aalesund), 23 anos;
 DC - Bismark Adjei-Boateng (Gana/Strømsgodset), 19 anos, emprestado pelo Manchester City que já marcou sete golos...;
 DC - Razak Nuhu (Gana/Strømsgodset), 22 anos, também emprestado pelo Manchester City;
 MC - Stéphane Badji (Senegal/Brann), 23 anos;
 MC - Fegor Ogude (Nigéria/Valerenga), 26 anos;
 MC - Umaru Bangura (Serra Leoa/Haugesund), 25 anos;
 MC - John Chibuike (Nigéria/Rosenborg), 24 anos, número 10 do líder da prova;
 AV - Abderazzak Hamdallah (Marrocos/Aalesund), 22 anos, segundo melhor marcador da Liga com 10 golos na primeira época no clube e no campeonato;
 AV - Adama Diomande (Costa do Marfim/Strømsgodset), 23 anos;
AV - James Leke (Nigéria/Aalesund), 20 anos, um dos terceiros melhores marcadores com 9 golos.
 Na foto estão Abderazzak Hamdallah e James Leke, dupla de goleadores do Aalesund, actual quarto classificado.

 Adiram ao blog no facebook em

Saturday, September 07, 2013

Fechado para férias!

Adiram ao blog no facebook em
 

Thursday, August 29, 2013

Hosiner, o Rei da Áustria vai visitar o Dragão!

A Bundesliga austríaca está longe de figurar entre os campeonatos mais reputados do futebol europeu. Ainda assim, não deixa de causar alguma estranheza que Philipp Hosiner permaneça no Áustria Viena, clube que o sorteio da Liga dos Campeões, realizado esta tarde, colocou no mesmo grupo do Futebol Clube do Porto. O avançado austríaco de 24 anos foi o melhor marcador da última edição do campeonato do seu país ao apontar 32 golos.

Esta temporada promete continuar a fazer estragos nas defesas contrárias, apesar de o início não estar a ser tão fulgurante como foi a época anterior que iniciou ao serviço do Admira Wacker, transferindo-se depois para o seu actual clube, onde se sagrou campeão. Iniciou a carreira na Alemanha, na equipa secundária do TSV 1860 Munique, e jogou depois nos também alemães do SV Sandhausen, onde não foi muito feliz. Em 2010/2011 chegou aos austríacos do First Vienna, da IIª Divisão, onde deu nas vistas, tendo assinado então pelo Admira Wacker. Agora, Mangala e Otamendi que se preparem.

 Adiram ao blog no facebook em

Friday, August 23, 2013

Nacional de Seniores: 80 clubes lutam por três vagas

Arranca domingo a primeira edição do Campeonato Nacional de Seniores, competição que resulta de uma reorganização das antigas IIª e IIIª Divisões nacionais e cujo modelo competitivo levanta muitas dúvidas. Desde logo, a prova vai ser disputada por 80 equipas, repartidas por oito séries, e apenas três clubes vão garantir a subida à IIª Liga após disputarem uma autêntica maratona de jogos. Outra questão que a meu ver não foi devidamente acautelada foi a possibilidades de clubes vindos dos Distritais encontrarem adversários despromovidos dos campeonatos profissionais. A confirmar esta teoria, a série C abre logo com um Freamunde-Vila Flor, duas equipas que na última época estiveram separadas por três escalões. A equipa da casa foi o “lanterna vermelha” da Liga de Honra, enquanto que os transmontanos (na foto) foram campeões distritais de Bragança, conquistando um feito inédito... Aliás, com o fim da IIIª Divisão, passa a ser possível, embora a hipótese seja muito remota, que uma equipa “salte” dos Distritais para a Super Liga em apenas quatro épocas...

Deixo aqui as regras deste campeonato que, em minha opinião, tem tudo para não durar muito tempo com as actuais regras que aqui reproduzo:

O Campeonato Nacional de Seniores é disputado por 80 equipas em duas fases:

A - Primeira Fase
1. É composta por 80 clubes, os quais são divididos em oito séries com 10 clubes cada, disputada a duas voltas;
2. Os dois clubes primeiros classificado de cada série jogam para a subida de divisão;
3. Os clubes classificados do terceiro ao oitavo lugar de cada série jogam para a descida de divisão.

 B – Segunda Fase - Séries de Subida
1. A segunda fase das séries de subida é composta pelos 16 clubes classificados nos dois primeiros lugares de cada uma das oito séries da primeira fase;
 2. Os 16 clubes são divididos em duas séries de oito clubes cada;
3. A segunda fase será disputada a duas voltas para apurar o primeiro e segundo classificado de cada série. 4. Os dois clubes primeiros classificados de cada uma das duas séries jogam entre si, um jogo final, para apurar o campeão nacional de seniores;
5. Sobem automaticamente à Liga de Honra os dois clubes classificados no primeiro lugar de cada uma das duas séries.
6. Os clubes classificados em segundo lugar de cada uma das duas séries jogam entre si, dois jogos, para apurar o clube que também sobe à Liga de Honra.

 C – Segunda Fase - Séries de Manutenção/Descida
1. A segunda fase das séries de manutenção/descida é composta por 64 clubes classificados do 3º ao 10º lugar de cada uma das oito séries da primeira fase;
2. Os 64 clubes são divididos em oito séries de oito clubes cada e, em cada série, jogarão entre si, a duas voltas por pontos;
3. Os dois clubes últimos classificados de cada uma das oito séries de manutenção/descida (7º e 8º) descem automaticamente aos campeonatos distritais;
4. Os clubes 6º classificados de cada uma das oito séries de manutenção/descida jogam uma eliminatória em dois jogos, de acordo com o sorteio puro a efetuar, para apurar os restantes quatro clubes que também descem aos campeonatos distritais.

 O agrupamento das séries será elaborado de acordo com a localização geográfica dos clubes, considerando-se para o efeito os 10 primeiros clubes que estiverem mais a norte de uma linha horizontal, traçada no mapa, e assim sucessivamente.

 Adiram ao blog no facebook em

Wednesday, August 14, 2013

Bacari, um globetrotter do futebol nacional

É cada vez mais raro nos dias de hoje haver jogadores que se destaquem pela dedicação a um único clube ao longo da carreira (estou a lembrar-me do já retirado Paolo Maldini). Em contrapartida, há outros que, movidos pelo dinheiro, não hesitam na hora de trocarem de clube sempre à procura de melhores condições financeiras, veja-se o caso de Zlatan Ibrahimovic. Depois há o caso de... Bacari Djaló. Aos 30 anos, o possante ponta-de-lança vai alinhar no Caldas Sport Clube, que é “só” o 15º clube da sua carreira. O internacional pela Guiné-Bissau tem feito todo o seu trajeto nos escalões secundários do futebol nacional e o clube de maior nomeada que já representou foi o Vitória de Guimarães em 2006/2007, época em que o atual detentor da Taça de Portugal jogou na IIª Liga.

De resto, nas 17 épocas da sua carreira, Bacari apenas por duas épocas, no início do seu percurso futebolístico, representou o mesmo clube em duas épocas seguidas, o Sporting de Pombal. Representou ainda o Famalicão por duas vezes, mas em alturas distintas. Os outros clubes que fazem parte do currículo deste autêntico globetrotter do futebol luso são: Beneditense, Bidoeirense, Felgueiras, Vila Meã, Penafiel, Ribeirão, Carregado, Bragança, Académico de Viseu, Pinhalnovense e Juventude de Évora, na última época. Um “recorde” oficioso que poderá ser ainda mais reforçado nas próximas épocas. Assim queira Bacari.

 Adiram ao blog no facebook em

Friday, August 09, 2013

O estranho caso de Labyad...

A recente despromoção de Zakaria Labyad para a equipa “B” do Sporting não deixa de causar alguma estranheza, tal como já tinha sido sucedido com a sua exclusão dos convocados para o Torneio do Guadiana. Alegadamente, isto com base nos jornais, terá sido o presidente Bruno de Carvalho a vetar a inclusão do atleta que não quis ver reduzido o chorudo salário que esta época aumentou para dois milhões de euros por ano. Contudo, custa-me a crer que um técnico como Leonardo Jardim admita intromissões da direção do clube no seu trabalho. Por outro lado, se foi uma mera opção técnica, porque razão o jogador esteve na apresentação oficial da formação leonina, teve número atribuído e agora, quando menos se esperava, é “encostado” para a formação secundária.

De resto, não me parece que despromover o jogador seja a melhor solução que cative outros clubes a virem buscar o internacional marroquino que ainda não mostrou em Alvalade as qualidades que o fizeram distinguir-se no PSV. No entanto, creio que o jogador tem talento e que poderia vir a “explodir” esta temporada. Recentemente estive em Bruxelas e um conterrâneo de Labyad garantiu-me que o jogador precisa que haja um treinador que aposte em si e lhe dê minutos de jogo que lhe permitam ganhar ritmo, de modo a poder mostrar todo o potencial que lhe foi apontado na Holanda. Esta é apenas mais uma “novela” que promete ir arrastar-se para os lados de Alvalade e que poderá, ou não, conhecer o último episódio até dia 31.

 Adiram ao blog no facebook em

Tuesday, July 30, 2013

Chucho Benitez engrossa equipa de futebolistas malogrados

A morte do avançado equatoriano Christian Benitez, aos 27 anos, ontem revelada deixou o mundo do futebol em choque. O ponta-de-lança, conhecido pela alcunha “Chucho”, morreu ontem de manhã, no Qatar, vítima de falha cardíaca. O futebolista, que há um ano chegou a ser apontado ao Sporting, tinha acabado de se estrear pelo novo clube, o Al Jaish, no domingo. As complicações de saúde do jogador terão tido origem numa situação de peritonite, que se agravou e o colocou em coma, tendo a paragem cardiorrespiratória acontecido de seguida. Benitez terá apresentado fortes dores abdominais e sido transportado para um hospital do Qatar, onde viria a morrer poucas horas depois. Com 58 jogos e 24 golos pela seleção do Equador, “Chucho” Benítez passou pelo El Nacional (Equador), pelo Santos Laguna (México), pelo Birmingham City (Inglaterra) e tinha acabado de se transferir do América do México para o Al Jaish (Qatar), por cerca de 11 milhões de euros. Foi quatro vezes melhor marcador do campeonato mexicano.

Esta morte fez-nos lembrar outros futebolistas que morreram quando estavam no auge das suas carreiras. Uns devido a problemas do foro cardíaco, outros por acidentes de viação ou outros ainda por terem sido assassinados como sucedeu com o colombiano Andrés Escobar elaborei um onze constituído por futebolistas que nos deixaram precocemente.


Adiram ao blog no facebook em

Wednesday, July 17, 2013

O “desempregado” Bielsa

Há pouco mais de um ano, Marcelo Bielsa era o “treinador da moda” na Europa. Na sua primeira época à frente do Athletic Bilbao, “El Loco” colocou o clube basco a praticar um futebol ofensivo e espectacular, tendo garantido a qualificação para as finais da Liga Europa e da Taça do Rei. Contudo, feitas as contas, nada ganhou. Já a segunda temporada foi de pesadelo para o técnico argentino. As expectativas estavam bem elevadas, mas Bielsa acabou por somar derrotas e conflitos com um dos símbolos da equipa, o internacional Fernando Llorente, que não quis renovar contrato.

O Athletic arrastou-se na segunda metade da tabela da Liga espanhola e, como se não bastasse, foi eliminado precocemente das duas competições em que tinha estado em destaque na época anterior. Deste modo, não surpreendeu que a direcção presidida pelo ex-jogador Josu Urrutia não quisesse renovar contrato com Bielsa. Agora, o ex-seleccionador argentino e chileno está à espera de um novo desafio onde possa voltar a encantar os adeptos do bom futebol.

 Adiram ao blog no facebook em

Tuesday, July 09, 2013

Bebiano: o jogador-treinador-fisioterapeuta-director desportivo-advogado...

Bebiano Gomes é o que se pode chamar um verdadeiro homem dos sete ofícios. O advogado nomeado por Bruma e Catio Baldé (seu tutor) para negociar a continuidade (ou não) do jovem extremo com o Sporting nasceu em Bissau há 48 anos. Diz o próprio que chegou a Portugal em 1980 para jogar no Sporting, mas acabou no outro lado da Segunda Circular a jogar nos juniores do Benfica. Com a alcunha de Bio, representou depois o Farense, Penafiel, Tirsense, Beira-Mar e Académico Viseu. Terminou a carreira de jogador prematuramente, aos 28 anos, tendo tirado então um curso de técnico de fisioterapia e os cursos de treinador de I e II Nível. Em 1999 assumiu o cargo de secretário-técnico do Penafiel, sendo posteriormente promovido a director desportivo, e em 2003 começou a frequentar o curso de Direito. Deixou de ser estagiário em Maio de 2012.

 Em junho deste ano chegou a ser apontado como possível treinador do União da Madeira e agora surge como o advogado – ele que já foi o responsável (legal) pelas transferências de Agostinho Cá e Edgar Ié para o Barcelona - que está a zelar pelos melhores interesses de Bruma. É inegável o talento que o jovem tem, mas o jogador, e todos aqueles que parecem querer ganhar milhões à sua conta, têm que ter em conta que Bruma é muito novo e que ainda nada conseguiu no futebol e que tanto pode vir a seguir as pisadas de sucesso de Cristiano Ronaldo como as de insucesso de Fábio Paim... É bom não esquecer.

 Adiram ao blog no facebook em

Friday, July 05, 2013

Ásia em grande no Mundial sub-20!

Sabem qual é o continente mais representado nos quartos-de-final do Mundial de sub-20? Europa?. América? África? Nada disso. A resposta certa é Ásia, pois todas as três selecções que se classificaram para a competição oriundas daquela zona do globo lograram qualificar-se para os quartos-de-final e, por direito próprio, podem dizer que estão entre as oito melhores equipas do mundo no escalão. Mais. Pelo menos, uma dessas selecções já tem presença garantida nas meias-finais, pois Coreia do Sul e Iraque vão decidir entre si quem segue em frente.

O outro representante asiático é o Uzbequistão, que fez um jogo amigável (na foto) com Portugal na Guarda, e que nos quartos-de-final vai jogar com a França. Nunca anteriormente, a Ásia tinha tido três países apurados para os quartos de final do Mundial de futebol de sub-20. Será uma situação esporádica ou o futebol asiático será para levar cada vez mais a sério?

 Adiram ao blog no facebook em

Wednesday, July 03, 2013

O Obama de Alcanena chegou a Guimarães!

Em Outubro de 2011, dediquei este post a um jovem camaronês, desconhecido em Portugal, que era reforço do Alcanenense, equipa que militava no Distrital de Santarém. O atleta, agora com 22 anos, teria passado despercebido caso não se chamasse... Obama. Nessa época, o possante defesa mostrou qualidades e "saltou" para o Vizela, da IIª Divisão. Continou a dar nas vistas, não só pelo nome, até no final da semana passada ser confirmado como reforço do vizinho Vitória de Guimarães. Ainda não se sabe se o defesa-central, que também pode alinhar a trinco, será integrado no plantel principal ou na equipa "B", mas uma coisa é certa: o anonimato dos tempos do Alcanenense já lá vai e o futebol-bonito orgulha-se de ter sido dos primeiros a falar de Jose Vicky Obama em Portugal. De resto, o defesa foi um dos jogadores mais utilizados do plantel vizelense ao longo da temporada passada, tendo sido uma das apostas do treinador Armando Evangelista, que entretanto se mudou para a equipa B do Vitória e que terá sido o grande impulsionador da sua contratação.

 Adiram ao blog no facebook em

Thursday, June 27, 2013

Daniel de Silva, um juvenil no Mundial de sub-20!

Há cinco atletas com apenas 16 anos a disputar o Mundial de sub-20, que está a decorrer na Turquia. O mais novo de todos é o australiano Daniel de Silva, que completou 16 anos apenas no passado dia 6 de março. Apesar da tenra idade, o atleta, o segundo mais novo de sempre a estrear-se na A-League australiana com 15 anos e 352 dias, foi titular nos dois jogos dos “socceroos” e até marcou um golo no empate com a Colômbia (ver vídeo em baixo). O nome Daniel de Silva remete, à partida, para descendência portuguesa ou brasileira, mas ao que o futebol-bonito conseguiu apurar, o jovem prodígio, que já esteve perto dos ingleses do Everton, nasceu em Perth (Austrália) e é descendente de indianos.

O jogador do Perth Glory é um médio ofensivo, dotado de boa técnica e excelente visão de jogo, e os seus conterrâneos dizem que não ficará muito mais tempo no seu país. De resto, as suas exibições no Mundial de sub-20 já estarão a aguçar o apetite de alguns clubes do “velho continente”. Os outros jogadores com 16 anos a disputarem o Mundial são o nigeriano Onyinye Ndidi, o maliano Hamidou Traoré, o ganês Moses Odjer e o iraquiano Burhan Jumaah, que fará 17 na próxima segunda-feira.

 Adiram ao blog no facebook em

Monday, June 17, 2013

Sport Sérvia e Benficic

Caso Nemanja Matic não seja transferido neste defeso, o Benfica deverá ter na época 2013/2014, pelo menos, sete jogadores oriundos da Sérvia, repartidos entre as equipas principal e “B”.

Ao “gigante” do meio-campo juntam-se: o seu irmão mais velho, Uros (ex-Kosice), os também irmãos Lazar e Filip Markovic (ambos ex-Partizan de Belgrado, embora a contratação do segundo ainda não tenha sido oficializada), o médio ofensivo Filip Djuricic (ex-Heerenveen), o extremo Miralem Sulejmani (ex-Ajax) e ainda o central Stefan Mitrovic (ex-Kortrijk). Ficam as dúvidas se esta nova aposta do clube da Luz ficará por aqui e se este autêntico “clã dos Balcãs” irá criar bom ambiente na Luz.

Curioso é verificar que, até à contratação de Matic, o Benfica teve apenas, entre 1981 e 2008, 10 ex-jugoslavos nas suas fileiras, sendo que alguns deles se revelaram autênticos “flops”. Foram os casos de Simanic, Mario Stanic (depois estrela no Parma, Chelsea e selecção croata), Ivan Dudic, Delibasic e Sretenovic.

 Adiram ao blog no facebook em

Tuesday, June 11, 2013

O quarteto místico de treinadores da Super Liga!

Um quarto dos técnicos que na próxima época vão comandar equipas da Super Liga têm nomes com conotações religiosas. Senão vejamos: Deus, João de Deus, estreia-se no principal campeonato ao leme do Gil Vicente. Jesus, Jorge Jesus continua no Benfica. Espírito Santo, Nuno Espírito Santo também permanece à frente do Rio Ave. Emanuel, Pedro Emanuel (Deus connosco) vai orientar o estreante Arouca....

 Adiram ao blog no facebook em

Thursday, June 06, 2013

Da Primeira Liga aos Distritais!

Em fevereiro apresentei aqui uma lista de futebolistas que passaram pela Primeira Liga e que na presente época jogaram na IIIª Divisão Nacional. Desta vez, trago um “onze” formado por atletas que também jogaram no principal campeonato do futebol português e que nesta temporada, pelas mais diversas razões, representaram clubes que militam em campeonatos distritais:
1) Cobra - Trancoso (Distrital da Guarda) – Beira-Mar
2) Marco Cadete – Mação (Santarém) – Leixões
3) Sérgio Lomba – Valenciano (Viana do Castelo) – Gil Vicente/Moreirense e Penafiel
4) Marco Cláudio – Rio Tinto (Porto) – Salgueiros
5) Mário Loja – Alcochetense (Setúbal) – Vitória de Setúbal/Boavista e Beira-Mar
6) Joca – Sobrado (Porto) – Gil Vicente
7) Paulo Dores – Torre de Moncorvo (Bragança) – Chaves
8) Manuel do Carmo - O Elvas (Portalegre) - Vitória de Setúbal
9) Hélder Calvino – Oliveira do Douro (Porto) - Boavista
10) Jorginho – Campomaiorense (Portalegre) - Campomaiorense e Académica
11) Tonanha – São Martinho (Porto) – Nacional e Gil Vicente Todos têm mais de 30 anos, à excepção de Hélder Calvino, actualmente com 28 anos. Na foto principal estão Joca e Mário Loja, quando representavam, respectivamente, o Gil Vicente e o Boavista.

 Adiram ao blog no facebook em

Monday, June 03, 2013

E tudo o “super-Bayern” levou

Melhor era impossível. O Bayern de Munique conquistou este sábado frente ao Estugarda o quarto troféu da época, ao juntar a Taça da Alemanha à Liga dos Campeões, Bundesliga e Supertaça. Foi a primeira vez que uma equipa alemã alcançou este póquer de títulos, culminando da melhor forma uma época verdadeiramente de sonho. A Pep Guardiola resta agora a “simples” de igualar o que Jupp Heynckes fez esta temporada. Até poderá fazer melhor, pois o colosso da Baviera ganhou o direito a participar no Mundial de clubes e na Supertaça europeia, mas a tarefa não se afigura, de todo, fácil. Esta poderá ser, assim, a despedida em beleza de Jupp Heynckes, mas ainda há a hipótese de o antigo treinador do Benfica continuar a treinar. Amanhã, dará uma conferência de imprensa onde deverá dissipar todas as dúvidas.

Aos 68 anos, o técnico alemão tornou-se o quarto a ser bicampeão europeu por equipas diferentes. Os outros foram Ernst Happel (Feyenoord em 1970 e Hamburgo em 1983), Ottmar Hitzfeld (Borussia Dortmund em 1997 e Bayern em 2001) e José Mourinho (FC Porto em 2004 e Inter de Milão em 2010). Em 1997/98, Heynckes conquistou a Liga dos Campeões pelo Real Madrid, mas o quarto lugar no campeonato fez com que o gigante espanhol – que ao que tudo indica o deseja agora para suceder a Mourinho -, prescindisse dos seus serviços. Seguiu-se então a passagem pelo Benfica, que ficou manchada pela humilhante goleada sofrida em Vigo de sete bolas a zero. Quem diria que passados 15 anos, Jupp Heynckes seria agora um dos favoritos a ganhar ainda outro troféu: o de melhor treinador do mundo. 

Adiram ao blog no facebook em

Thursday, May 30, 2013

Duplas de “Beijinhos” e de “Incas” levam Arões à final da Taça da AF Braga

O Arões Sport Clube, clube do concelho de Fafe, que alinha na Divisão de Honra da Associação de Futebol de Braga, vai pela primeira vez na sua história disputar a final da Taça daquele organismo. Um feito inédito bastante comemorado pela equipa que tem nas suas fileiras atletas com nomes bastante peculiares e curiosos como é o caso dos irmãos Fernando Beijinhos, o capitão, e Vítor Beijinhos. Outra dupla com alcunhas improváveis é a formada por Brinca e Trinca, a que se junta ainda Trinta... O clube que terminou o Distrital na sexta posição vai disputar a final da Taça da AF Braga a 9 de Junho frente ao Vieira Sport Clube, no Estádio Dom Afonso Henriques, em Guimarães, naquele que é um dos pontos mais altos da sua história.

 Adiram ao blog no facebook em

Friday, May 24, 2013

Do Milan ao Arsenal, a Adiyiah(r) a “explosão”

Dominic Adiyiah encantou o mundo do futebol em 2009 durante o Mundial de sub-20 disputado no Egipto. O avançado ganês que militava nos noruegueses do Fredrikstad sagrou-se, simultaneamente, melhor jogador e melhor marcador da competição com oito golos, contribuindo de forma decisiva para a conquista da prova pela sua selecção. As excelentes exibições e os golos caíram no goto dos olheiros dos grandes clubes europeus e o AC Milan tratou de contratar o jovem “diamante” para os seus quadros. Contudo, como muitas vezes sucede, nunca mais se viu o Adiyiah do Mundial de juniores.

Emprestado ao Reggina, Partizan de Belgrado e aos turcos do Karsiyaka, o avançado viu depois o Milan terminar a ligação consigo, assinando em fevereiro de 2012 um contrato de três anos com o Arsenal... de Kiev, onde também tarda em demonstrar os motivos que o levaram a ser considerado umas das maiores promessas dos últimos anos. Esta temporada marcou apenas quatro tentos na equipa onde milita o jovem português Pelé, que curiosamente está no clube ucraniano por empréstimo do Milan. Será que Adiyiah alguma vez irá “explodir” futebolisticamente a tempo de ainda pisar grandes palcos do futebol europeu ou será apenas mais um a engrossar a extensa lista de grandes promessas que nunca confirmam as elevadas expecativas criadas à sua volta?

 Adiram ao blog no facebook em

Thursday, May 16, 2013

Época de sonho do Arouca começou com derrota na Covilhã

Apenas seis épocas após se ter sagrado campeão distrital de Aveiro, o Futebol Clube de Arouca garantiu uma subida inédita à Primeira Liga, culminando uma ascensão meteórica, rara no futebol português. Veio-me então à memória o primeiro jogo oficial da época dos novos primodivisionários (a que assisti), em que visitaram o Sporting da Covilhã, perdendo por 4-2, em partida da Taça da Liga. Nessa altura, a equipa serrana dominou e derrotou um adversário que, por curiosidade, até tem nos seus quadros vários atletas que já tinham envergado a camisola verde e branca da formação da casa. Da parte dos visitantes, entre os poucos adeptos presentes muitos não se coibiram de assobiar Vítor Oliveira e de o mandar embora.

Ironia do destino, cerca de 10 meses depois, o Sporting da Covilhã é despromovido à IIª Divisão e o técnico matosinhense virou “herói”, garantindo a sua sexta subida à Primeira Liga. Um dos grandes destaques do recém-promovido é o veterano brasileiro Joeano que, aos 33 anos, se sagrou melhor marcador da Segunda Liga com 24 golos, sendo seis de grande penalidade, e ainda falta uma jornada. Não deixa de ser curiosa a carreira do avançado natural de Fortaleza que chegou a Portugal em 1999/2000 para alinhar no Arrifanense, Esmoriz e Sanjoanense, dos escalões secundários. Jogou depois nos espanhóis do Salamanca, seguindo-se cinco épocas na Académica, interrompidas por duas passagens nos israelitas do Beitar Jerusalem. Em 2008/2009 concluiu a época no Vitória de Setúbal, até emigrar de novo, desta feita para o Ermis Aradippou, do Chipre, assinando no início da última temporada pelo Arouca. O futuro? A Deus pertence.

Adiram ao blog no facebook em

Wednesday, May 08, 2013

Enakarhire: De “reformado precoce” até à Letónia, passando por São Marino

Apesar de só ter jogado uma época em Portugal, Joseph Enakarhire deixou saudades na generalidade dos adeptos sportinguistas. O central nigeriano representou os “leões” na época 2004/2005 e impôs-se pela sua estampa física e ser forte na marcação. Contudo, esteve longe de fazer a carreira que muitos lhe auguravam. Hoje, com 30 anos, o atleta apresenta um longo historial de episódios polémicos. No seu país, representou as camadas jovens do Enugu Rangers, de onde se transferiu para os belgas do Standard de Liège. Daqui saiu em litígio para o Sporting, onde chegou com apenas 21 anos. Após a época do “quase” em Alvalade, forçou a transferência para o Dínamo de Moscovo, onde mais uma vez não esteve muito tempo. Não se adaptou ao frio da capital russa e exigiu ser emprestado ao Bordéus e depois ao Panathinaikos, clubes em que voltou a não ser feliz. Terminada a ligação ao emblema russo em 2008, Enakarhire fez um interregno na carreira e só voltou a jogar no início da presente época e num campeonato longe dos grandes palcos europeus como é o de São Marino, pelo La Fiorita, até que nos primeiros meses deste ano assinou pelo FC Daugava Daugavpils, surpreendente campeão da Letónia. A avaliar pelo vídeo em baixo das meias-finais da Taça, onde a sua equipa foi goleada pelo Ventspils por 4-0 e em que o “Big Joe” surge com o número 23, o antigo internacional nigeriano tem muito a fazer para readquirir a forma que o notabilizou em tempos. É mais um caso de cabeça fraca ou o que terá influenciado negativamente a carreira de Enakarhire?

Adiram ao blog no facebook em

Saturday, May 04, 2013

Os cinco minutos de “fame” do David

David Lanzafame foi formado na Juventus, e foi na “vecchia signora” que se estreou como profissional, mas nunca se conseguiu impor verdadeiramente no clube de Turim, sua cidade-natal. Após sucessivos empréstimos, o avançado assinou pelo Catania, mas mais uma vez não teve o sucesso desejado na Serie A. Deste modo, o clube “mais argentino de Itália” optou por emprestar o atleta de 26 anos aos húngaros do Budapest Honvéd, com o intuito de ali poder jogar mais regularmente, depois de na primeira metade da temporada ter estado no Grosseto, da Serie B. A época até está a correr de modo razoável ao transalpino e no último jogo da sua equipa, frente ao Pécs, Lanzafame até fez o primeiro golo do Honvéd. O pior veio depois quando, após o árbitro assinalar um penalty a favor da sua equipa, o avançado quis “roubar” a bola ao seu colega Leandro Martinez e acabou expulso pelo árbitro, depois de ver o segundo amarelo. O que vale é que Martinez marcou e o Honved venceu por 3-0, mas ainda assim Lanzafame garantiu, desde já, o papel de triste protagonista num dos episódios mais bizarros e ridículos do futebol em 2013.

 

Adiram ao blog no facebook em

Monday, April 29, 2013

Ouriense destrona 1º Dezembro no ano em que sobe à Iª Divisão

O Clube Atlético Ouriense alcançou um feito histórico este domingo ao sagrar-se campeão nacional de futebol feminino, destronando o 1.º Dezembro, que ”só” tinha conquistado o título nas últimas 11 épocas. A uma jornada do final da prova, a formação ribatejana garantiu o título ao vencer o Clube Albergaria pela margem mínima (1-0). O único golo do encontro foi marcado por Diana Silva, jovem avançada de 17 anos e uma das sensações da competição. Este foi um feito inédito para o Atlético Ouriense numa temporada em que ascendeu ao escalão principal do futebol feminino.

Adiram ao blog no facebook em

Friday, April 26, 2013

Chaves e Farense de regresso aos campeonatos profissionais?

Este fim-de-semana promete ser de emoções fortes na última jornada da IIª Divisão Nacional. Se na Zona Centro, o Académico de Viseu já garantiu a conquista do primeiro lugar – pela primeira vez na carreira Filipe Moreira terá tido alguma sorte -, a Norte e a Sul ainda está tudo em aberto. Na Zona Sul, o histórico Farense parece ter tudo a seu favor para assegurar a subida, pois joga em casa frente à União de Leiria, enquanto a formação da região Oeste também joga perante o seu público frente ao Sertanense, que é terceiro. Caso a equipa algarvia consiga a subida, será a segunda consecutiva, pois na temporada anterior militou na IIIª Divisão. Já o Mafra corre o risco de mais uma vez “morrer à beira da praia”.
                                           
Já na Zona Norte, Chaves e Ribeirão chegam à derradeira jornada em igualdade pontual e curiosamente vão jogar entre si em Trás-os-Montes, tendo o jogo primeira volta terminado empatado e a equipa azul-grená tem a vantagem de um golo no goal-average, pelo que o empate lhe serve. Se no caso da turma flaviense, treinada pela mítico ex-capitão do FCP, João Pinto, a subida poderá ser o regresso a um campeonato onde já militou, no caso do Ribeirão, treinado pelo promissor Daniel Ramos, será o ponto mais alto na história do clube.

Fotos: Facebook do Farense e do Desp. Chaves

Adiram ao blog no facebook em

Tuesday, April 23, 2013

Método Dinheiro – uma estratégia para apostas desportivas

O Método Dinheiro é uma estratégia para apostas desportivas que permite ganhar dinheiro através de apostas sem risco.

Como funciona?

Para aprender mais sobre o Método Dinheiro visite o site http://www.metododinheiro.pt

O método utiliza os bónus oferecidos pelas Casas de Apostas para novos jogadores. Com esses bónus é possível apostar num resultado de um jogo de futebol por exemplo e, para cobrir todas as outras possibilidades, apostar “contra” na Betfair, que é uma bolsa de apostas (A Betfair é uma Casa de Apostas especial que permite apostar contra, cobrindo assim todos os acontecimentos possíveis de um jogo).

Assim, seja qual for a aposta, irá ganhar ou na Betfair, ou na casa de apostas, e como não “gasta” dinheiro para apostar, uma vez que utilizou os bónus, irá ganhar sem risco o valor do bónus, como lucro. Esta estratégia é utilizada de forma a passar os bónus das Casas de Apostas para a Betfair, a partir de onde podem ser levantados a qualquer momento. Para receber os bónus oferecidos pelas Casas de Apostas é necessário que faça o registo e o primeiro e único investimento (depósito), para receber os bónus e começar as suas apostas. Além disso, será necessário dinheiro para apostar “contra” na Betfair e garantir o retorno em todos os jogos. O Método Dinheiro recomenda um investimento inicial de 80 a 100 Euros. Assista o vídeo de 4 minutos com um exemplo real de aplicação e veja como é fácil começar a utilizar o Método Dinheiro:


Tuesday, April 16, 2013

Ghilas considerado a “revelação da época”

Nabil Ghilas foi considerado a maior revelação da época na Liga portuguesa por mais de metade dos leitores (38 em 77) que participaram na última votação. O possante avançado franco-argelino do Moreirense está a confirmar todas as boas indicações dadas na época anterior na Liga de Honra e, na sua estreia no campeonato principal, já apontou 12 golos que despertaram a cobiça de clubes de outra dimensão. Com apenas 22 anos, o irmão de Kamel Ghilas, antigo jogador do Vitória de Guimarães que actualmente representa os franceses do Stade de Reims, parece ter um futuro risonho pela frente e o clube de Moreira de Cónegos agradece. Após representar o SO Cassis Carnoux e o Bosquet-Néréïdess, nos campeonatos secundários de França, o jovem aterrou em Portugal no verão de 2010 para efectuar um período de testes no Moreirense. Nessa época rodou no Vizela, antes de na última temporada se ter fixado no clube nortenho, mas só este ano se afirmou verdadeiramente como titular indiscutível e os resultados não poderiam ser mais satisfatórios.

Os segundos mais votados (com 9 votos cada) foram o peruano Paolo Hurtado, do Paços de Ferreira) e o português Ricardo, extremo do Vitória de Guimarães. Outro vimaranense presente nesta lista e que recolheu oito votos foi o avançado Amido Baldé, os mesmos que o brasileiro Filipe Augusto, do Rio Ave. Com apenas dois votos ficaram os seus dois companheiros de equipas, Hassan e Marcelo, enquanto Abdi, do Olhanense, recolheu um e Salim Cissé, da Académica, ficou em branco. Recordo que para esta votação apenas optei por jogadores jovens, que se tenham estreado esta época na principal divisão e que não representem nenhum dos tradicionais “grandes”. Entretanto, está aberta nova votação sobre o melhor jogador da SuperLiga desta época. Votem!

Adiram ao blog no facebook em

Friday, April 12, 2013

Estarreja com defesa de betão

O Clube Desportivo de Estarreja, que está muito bem encaminhado para garantir a subida à IIª Divisão, ostenta o título de defesa menos batida de todos os campeonatos nacionais, em Portugal. Ao todo, a equipa, que na época anterior se sagrou campeã distrital de Aveiro, sofreu apenas 10 golos nos 24 jogos (9 nos 22 da fase regular e um nas duas partidas da fase de subida) disputados esta temporada na série C da IIIª Divisão, o que dá uma meritória média de 0,4 tentos sofridos. Um dos pilares da defesa é o experiente Hugo Justiça (na foto), formado no Beira-Mar e que conta com passagens por Anadia, Tocha e Oliveira do Bairro, antes de chegar a Estarreja, onde cumpre a sua terceira época. No “top 5” de defesas menos batidas de Portugal figuram outra três equipas da IIIª Divisão: Praiense, Oliveirense e União de Montemor. 

Adiram ao blog no facebook em

Monday, April 08, 2013

Heerenveen, clube de goleadores

O campeonato holandês é frequentemente apontado como uma espécie de “paraíso dos avançados” devido aos muitos golos que lá são marcados. Neste particular, há um clube que, não fazendo parte do rol tradicional de candidatos ao título, se destaca por ter revelado alguns dos melhores marcadores das últimas épocas e que, fruto das boas campanhas realizadas, saltam para emblemas de maior dimensão. Estou a falar do Sport Club Heerenveen, oriundo de uma pequena cidade com pouco mais de 40 mil habitantes. O mais curioso é que boa parte dos avançados que chegam ao Heerenveen, por mais desconhecidos que sejam antes de lá jogarem, “explodem” a marcar golos, assim que chegam ao Abe Lenstra, estádio do actual sétimo classificado da liga holandesa.

É o caso, por exemplo, do islandês Alfreð Finnbogason que, na sua época de estreia na Holanda, é o terceiro melhor marcador do campeonato com 21 golos, atrás do costa-marfinense Bony Wilfried, outra agradável surpresa, que milita no Vitesse, e do italiano Graziano Pellè (Feyenoord). Antes de chegar ao Heerenveen, Finnbogason passou quase despercebido pelos suecos do Helsingborgs, belgas do Lokeren e no Breidablik, do seu país natal. Na época passada, o “rei dos marcadores” da Holanda também vestiu de azul e branco. Bas Dost marcou 32 golos e ganhou o passaporte para o campeonato alemão, onde foi jogar para o Wolfsburg. Em 2008/09, o melhor marcador da equipa foi um tal de Danijel Pranjic que apontou 16. Já em 2006/2007, o melhor marcador da prova já tinha sido do Heerenveen, o “mal amado” brasileiro Afonso Alves que marcou “só” 34 golos. Na época anterior, Klaas-Jan Huntelaar, formado no PSV, marcou 17 pelo Heerenveen e 16 pelo Ajax, para onde se transferiu a meio da temporada, coroando-se também “rei” dos goleadores. À excelente campanha de Finnbogason também não deverá ser alheio o facto de ter como treinador Marco Van Basten.

Adiram ao blog no facebook em

Tuesday, April 02, 2013

Belenenses: tudo começou em Celorico da Beira

O histórico Belenenses acaba de carimbar o passaporte para a SuperLiga, fruto de uma excelente campanha na IIª Liga, numa caminhada que começou com o estágio de início de época em Celorico da Beira, onde foi tirada esta foto ao timoneiro holandês Mitchell Van der Gaag. Parece que os ares da vila situada no sopé da Serra da Estrela foram verdadeiramente inspiradores para os “azuis do Restelo” que arrancaram para uma grande temporada, onde fizeram do colectivo uma das suas principais armas. Curiosamente, os melhores marcadores da equipa são dois portugueses: Tiago Caeiro e Fernando Ferreira que apenas aos 29 e 26 anos poderão estrear-se no campeonato principal, caso continuem em Belém na próxima temporada.

PS: O post publicado ontem relativo à transferência de Quincy Owusu-Abeyie para o Sporting foi uma brincadeira do Dia das Mentiras. No entanto, confesso que sou admirador do extremo ganês e que gostaria de o ver jogar em Portugal.

Adiram ao blog no facebook em

Monday, April 01, 2013

Quincy Owusu-Abeyie é reforço do Sporting

Bruno de Carvalho, novo presidente do Sporting, ataca em todas as frentes e já garantiu o primeiro reforço para a próxima época. Trata-se de Quincy Owusu-Abeyie, extremo ganês nascido na Holanda, que já representou clubes como Arsenal, Spartak de Moscovo ou Málaga. Actualmente, o habilidoso jogador representa os gregos do Panathinaikos, onde foi treinado por Jesualdo Ferreira que foi o elemento que fez a “ponte” entre o internacional ganês e o clube de Alvalade. O jogador chega a custo zero ao Sporting, em virtude dos problemas económicos que afectam o clube grego e da sua irregularidade exibicional.

Adiram ao blog no facebook em

Saturday, March 30, 2013

Gafanha faz história no Nacional de Iniciados

A equipa de iniciados do Grupo Desportivo da Gafanha vai discutir o título de campeão nacional do escalão com as suas congéneres de FC Porto, Sporting e Benfica. Este é um feito notável para um clube oriundo da Gafanha da Nazaré, uma freguesia do concelho de Ílhavo, cuja equipa sénior milita no Distrital de Aveiro. Os “putos” que são o orgulho do GD Gafanha fizeram uma campanha praticamente perfeita até ao momento. Primeiro, venceram a série C do Nacional com 17 vitórias e apenas um empate. Depois, na série B da segunda fase somaram nove triunfos e uma derrota num mini-campeonato que contou com equipas teoricamente mais fortes como Feirense, União de Leiria e Beira-Mar. Ou seja, em 27 jogos, o Gafanha ganhou 25, empatou um e apenas perdeu outro. Soma 66 golos marcados e unicamente sete sofridos.

Agora, aconteça o que acontecer na luta com os “grandes”, aos iniciados do Gafanha já ninguém retira o mérito de poderem dizer que são uma das quatro melhores equipas de Portugal. A excelente campanha dos jovens gafanhenses já tinha feito o clube atingir outro marco histórico quando viu, pela primeira vez, serem chamados dois atletas aos trabalhos de uma selecção nacional. O ex-jogador do Sporting, Nassur Bacem (na foto), e João Monteiro foram os felizardos convocados por Ilídio Vale, mas, de certo, que a espectacular época já terá feito muito olheiro deslocar-se à Gafanha para ver os desempenhos desta equipa sensação treinada pelo jovem Ricardo Pinheiro.

Adiram ao blog no facebook em

Sunday, March 24, 2013

O Boniek hondurenho

Zbigniew Boniek foi um grande futebolista polaco que encantou a Europa do futebol nas décadas de 70 e 80 do século passado, granjeando fãs pelo mundo fora. Um desses admiradores foi o pai de Boniek Garcia que, apesar de residir nas longínquas Honduras, fez questão de colocar o apelido do seu ídolo ao seu filho. Acontece que a criança cresceu e cumpriu o sonho do seu progenitor, tornando-se futebolista. Boniek Garcia tem 28 anos, é internacional hondurenho e representa atualmente os Houston Dynamo na Major League Soccer, dos Estados Unidos. Nascido em Tegucigalpa, o médio representou no seu país o Club Olimpia Deportivo, não tendo ainda jogado na Europa.

Adiram ao blog no facebook em