Tuesday, January 20, 2015

Curiosidades sobre a CAN 2015

Mais uma vez, o Campeonato Africano das Nações está a decorrer numa altura em que a maioria dos principais campeonatos europeus se encontra em pleno andamento. A Ligue 1 francesa volta a ser a competição mais afectada pela chamada de internacionais dos mais variados países que participam na prova que está a decorrer na Guiné Equatorial. São mais de 50 os atletas de clubes do principal campeonato francês que foram convocados para defenderem as cores dos respectivos países. Os clubes que mais africanos cederam às suas selecções são, desde logo, o líder Lyon, em conjunto com Metz e Bordéus, que viram cinco jogadores seus serem convocados. Ao todo, entre as diferentes divisões, há 72 jogadores que estão a disputar a CAN que representam clubes franceses.

Outras curiosidades: O clube com mais atletas (oito) na competição é o TP Mazembe da República Democrática do Congo, que coloca oito jogadores na CAN, seguido do AC Léopards, do Congo, que viu convocados seis jogadores.

Jogador mais velho: o excêntrico Robert Muteba Kidiaba, da República Democrática do Congo, com 38 anos (1976-02-01). (Na foto em destaque).
Jogador mais novo: Patrick Ngoma (na foto em cima e ao centro), da Zâmbia, avançado dos Red Arrows que conta apenas 17 anos (1997-05-21) e é tido como uma das grandes esperanças do futebol do país, cujo melhor jogador de todos os tempos continua a ser Kalusha Bwalya.

Na África do Sul apenas cinco dos 23 convocados jogam no estrangeiro.

Em Cabo Verde e Senegal não há nenhum convocado a jogar nos respectivos campeonatos locais.

Há 14 jogadores de sete países que representam clubes portugueses:

Cabo Verde: Babanco (Estoril-Praia), Sérgio Semedo (Olhanense), Heldon (Sporting), Kevin Sousa (Nacional), Gegé (Marítimo) e Ivan Cruz (Gil Vicente). 

Argélia: Brahimi (FC Porto) e Slimani (Sporting).

Camarões: Aboubakar (FC Porto) e Edgar Salli (Académica). 

Guiné Equatorial: Javier Balboa (Estoril-Praia).

Gabão: Junior Oto’o (Sporting de Braga B).

Guiné-Conakri: Boubacar Fofana (Nacional). 

República Democrática do Congo: Oualembo (Académica).

 Adiram ao blog no facebook em

1 comment :

Olhos na Bola said...

Excelente post! Interessantes os dados que informaram. Entrevistas, análises e também curiosidades sobre o CAN em olhosnabola.com