Wednesday, July 25, 2007

Higuita está de regresso


Aos 40 anos, o colombiano René Higuita, um dos mais excêntricos e controversos guarda-redes de todos os tempos, está de volta aos relvados. O guardião, conhecido pela sua farta cabeleira e por sair da sua área de jurisdição a driblar os adversários, aceitou o convite para jogar no Guaros de Lara, da primeira divisão da Venezuela, depois ter pendurado as luvas em 2004. Deste modo, José René Higuita Zapata, que fará 41 anos a 27 de Agosto, poderá melhorar a sua marca de 41 golos - 37 de penalty e 4 na conversão de livres directos - apontados ao longo da sua carreira. O guardião que a l7 de Setembro de 1995 no mítico Estádio de Wembley fez a famosa “defesa escorpião” contra a Inglaterra a remate de Jamie Redknapp (que podem ver no vídeo que se segue) fez quase toda a carreira em clubes do seu país - Millonarios de Bogota, Nacional de Medellín, onde jogou mais épocas, Independiente Medellín, Real Cartagena e Junior Barranquilla, incluindo ainda uma discreta passagem pelo Valladolid, na Iª Divisão Espanhola, e pelo Veracruz, do México, e Aucas, do Equador. No Mundial de Itália em 1990, após ter defendido uma grande penalidade contra a Jugoslávia, ajudou a Colômbia a qualificar-se para os oitavos-de-final, onde “inventou” contra os Camarões, ao tentar sair a driblar adversários. Já no prolongamento, o astuto Roger Milla tirou-lhe a bola e foi sozinho até à baliza, para desespero dos adeptos colombianos. Este autêntico guarda-redes/líbero defendeu as cores da Colômbia em 68 vezes, deixando a selecção em 1999. Os seus escândalos públicos começaram em 1991 quando foi visitar à prisão o barão da droga Pablo Escobar, de quem declarou publicamente ser amigo. Continuaram em 1993 quando foi preso durante seis meses por estar implicado num rapto da filha de uma importante figura pública do seu país. Em Novembro de 2004 acusou cocaína num teste realizado depois de um jogo pelo Aucas, sendo suspenso pela Federação Equatoriana de Futebol por seis meses. Sempre polémico, por considerar que era “muito feio” decidiu fazer cinco operações plásticas à cara em 2005 que chocaram o seu país, por se parecer mais com um travesti do que com o verdadeiro ídolo de muita gente. Adiram ao blog no facebook em

4 comments :

Miguel said...

Higuita, Jorge Campos ou Chilavert, já não se fazem guarda-redes assim.
Só o Ceni vai marcando uns golos.

said...

Boa tarde!
Antes de mais,parabéns pelo blog!
Ainda por cima com um tema ligado ao dia-a-dia da maioria de nós!

Convido-o agora a visitar também a acrescentar o meu link à vossa barra de links laterais:

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Obrigado!

gerson sicca said...

Higuita, o goleiro maluco, está de volta. Mas não será mais como antes.
Legal o blog.
Estás convidado a visitar o meu.
Abraço

Anonymous said...

Este ‘ganda maluco’ ainda tinha lugar em muitos clubes portugueses como, por exemplo, o Sporting… lalalala