Tuesday, July 31, 2007

É preciso ir buscar um treinador para os juniores à Holanda?


O F.C. Porto acaba de contratar o holandês Patrick Greveraars para treinar a sua equipa de juniores, actual campeã nacional do escalão. Greveraars, de 32 anos, treinava os juniores do PSV de Eindhoven, terá António Frasco como adjunto. Depois de não ter renovado contrato com Iliídio Vale (na foto), técnico campeão que trabalhou durante 19 anos no clube do Dragão, o FC Porto opta agora por contratar um técnico de um país com escola no futebol. Em minha opinião, trata-se de uma opção bastante discutível, pois considero haver no nosso país técnicos com qualidade suficiente para desempenhar o lugar. E como irá o novo técnico comunicar com os seus atletas? Em inglês? Com um tradutor? Só falta começarem a ir buscar estrangeiros para treinar os infantis ou mesmo as escolinhas. Por este caminho, e como as “modas” depressa pegam, não deve faltar muito.

3 comments :

Anselmo said...

mas Ricky, se o treinador da equipa nacional é brasileiro, porque não manter a aposta de um estrangeiro na de juniores do Porto? concordo que é diferente, que tem a questão do idioma...
fosse no BRasil, já teria gente apostando que se trataria de espiões para levar a "nata" das equipes do país para outros países.

aproveito o comentário pra sugerir a troca de links com o futepoca (http://futepoca.blogspot.com). Já inclui o Futebol bonito na lista de nossos parceiros.

um abraço

Ricky_cord said...

Caro Anselmo, em minha opinião existem bastantes técnicos com qualidade em Portugal e não há necessidade em se ir ao estrangeiro buscar estrangeiros para treinar nos escalões de formação, mas agradeço o comentário. Abraço

Paulo Pereira said...

Plenamente de acordo contigo nesta matéria. Sobretudo, atendendo ao facto e o Porto ter sido campeão nacional, o que torna a troca ainda mais estranha. Reconheço que as escolas de formação holandesas são afamadas, autenticos viveiros de craques, mas o mesmo se passa aqui, com bons valores a serem depois aproveitados pelas equipas principais. Incompreensível...