Monday, May 25, 2009

Grafite e Dzeko, a base de um campeão surpreendente

O Wolfsburgo conquistou o primeiro título da sua história em grande parte devido ao fabuloso rendimento dos seus dois avançados: o brasileiro Grafite e o bósnio Edin Dzeko. Só à sua conta marcaram 54 golos, 28 para o primeiro e 26 para o segundo, uma marca que faz deles a melhor dupla de pontas-de-lança na história da Bundesliga, ultrapassando até Gerd Müller e Uli Hoeneß. De resto, nunca antes dois pontas-de-lança do mesmo clube tinham marcado mais de 20 golos numa temporada. O brasileiro de 30 anos, que parece não ser lá muito amado no seu país, fez 28 golos em apenas 25 partidas, o que dá uma média excelente. Antes de chegar à Alemanha, Edinaldo Batista Libânio representou o Le Mans, São Paulo, Goiás, Anyang, Grêmio, Santa Cruz e Matonense. Já o seu companheiro de ataque, é muito mais jovem e parece ter “meia Europa” atrás dele. Com 23 anos, Dzeko começou no seu país natal no Željezničar, transferindo-se depois para o Teplice, na República Checa. O feito da equipa treinada por Felix Magath é fenomenal, atendendo aos milhões gastos pelo Bayern e pelo facto de só em 1997 ter chegado à Bundesliga. Aqui fica o vídeo de um dos melhores golos de Grafite desta época em que “brinca” literalmente com a defesa do Bayern.

2 comments :

Marcel Jabbour said...

Não tem o que falar né? O Grafite, quem diria, jogou um bolão o campeonato todo.

Título merecidíssimo!

Abraços

diletra.blogspot.com

Bigsousa said...

Um luxo de dupla! Quem os viu a jogar contra o Braga percebeu que ali é que estava o ouro da equipa alemã. Abraço