Thursday, July 16, 2009

O sheik endoideceu...

Com a ânsia de conquistar títulos, o sheik Khaldoon Al Mubarak, presidente do Manchester City não olha a meios para reforçar o plantel às ordens de Mark Hughes. Após ter assegurado o concurso de Roque Santa Cruz e de Carlos Tévez, Emmanuel Adebayor é o senhor que se segue por cerca de 29 milhões de euros. O City fica, assim, com três avançados de qualidade mundial, mas o problema é que nenhuma destas estrelas gostará de ficar no banco e não deve haver lugar para os três no mesmo onze. E ainda há Robinho, Bojinov, Craig Bellamy, Benjani Mwaruwari e Felipe Caicedo, que pode estar a caminho de Alvalade.... Isto só para falar em avançados. Como muitas vezes sucede, ter muitos bons jogadores não é sinónimo de ter uma grande equipa.... E se o ataque pode ser temível, os outros sectores ainda ficam aquém das expectativas. Mas enquanto houver petrodólares para gastar ...

2 comments :

Francisco Chaveiro Reis said...

15-07-2009
A inflação de avançados no City


Como só tinha 9 avançados, o Manchester City contratou mais um. Depois de ter sido cobiçado pelo Inter e Milan, Adebayor acaba de passar nos testes médicos do City.


Com Bellamy e Robinho como titulares nos últimos jogos da época e com Carlitos Tévez já contratado parecia não fazer falta mais avançados. Mas, já em Junho tinha chegado Santa Cruz. Estes cinco devem ficar no plantel apesar de, no máximo deverem jogar dois a titulares. Sobram jogadores da classe de Evans, Caicedo, Benjani, Bojinov ou Jô (deve ser emprestado de novo ao Everton).

dragao vila pouca said...

Coitado, sim, coitado, do treinador!

Um abraço