Wednesday, June 01, 2011

A maldição dos históricos

O Mónaco foi apenas mais um clube com grande história no respetivo campeonato que se viu despromovido do escalão principal. Vice-campeão europeu em 2003/04 e vencedor de sete campeonatos franceses, o clube do endinheirado principado não conseguiu fugir à vergonhosa queda na IIª Divisão depois de ter sido derrotado em casa pelo Lyon.

Mas o clube monegasco foi apenas um de vários históricos europeus que caíram para a segunda divisão. Em Itália, a Sampdoria começou a época a jogar a pré-eliminatória da Liga dos Campeões após o quarto lugar da temporada transacta e terminou a carpir mágoas, relegada para a série B. As saídas de Cassano e Pazzini para os grandes de Milão revelaram-se desastrosas para o clube de Génova, vencedor de uma Taça das Taças em 1990 e vice-campeão europeu em 1992.

Em Espanha foi o Desportivo da Corunha, campeão em 1999/2000, que caiu para segunda. Curiosamente, o carrasco do clube galego foi o Valência que em 1994 lhe tinha roubado a possibilidade de ser campeão na última jornada quando Miroslav Djukic, o então capitão e agora técnico que também não evitou a descida do Hércules, falhou um pénalti.

Mais acima, na Inglaterra, foi o West Ham, fundado em 1895, que foi relegado para o Championship. Na Alemanha, o Wolfsburgo, campeão em 2008/2009, safou-se por pouco e o Eintracht Frankfurt, fundado em 1899 e campeão em 1959 e vencedor da Taça UEFA em 1980, também caiu para a 2.Bundesliga.

4 comments :

Anonymous said...

Em Portugal também houve grandes decepções, embora a outro nível. Por exemplo, um dos clubes da capital propôs-se ser Campeão Europeu e acabou a época conquistando apenas uma miserável 'taça com ligas'. Ainda na capital do país, outros houve que nem isso ganharam, terminando o campeonato a 36 pontos do 1.º classificado!

Rui Castro said...

Os clubes portugueses podiam tentar aproveitar algumas "trutas" destes clubes despromovidos

GNU Física said...

Ótimo post, parabéns

Dicas para Desenvolvedores:
devdicas.blogspot.com

Desportif said...

O guardado do corunha é um bom exemplo de uma dessas trutas. Vamos lá ver o que os grandes fazem para o ir buscar, era um desperdício deixar fugir um jogador com tamanha raça...

http://desportif.blogspot.com/