Friday, November 14, 2008

Zeferino e Tinaia: os “Alípios” dos anos 90!

Esta semana, o mundo do futebol ficou boquiaberto com a transferência do jovem brasileiro Alípio do modesto Rio Ave para o gigante Real Madrid. Com honras de primeira página no jornal “Marca”, o miúdo de 16 anos, a quem muitos auguram um grande futuro, vive os primeiros dias na capital espanhola. Contudo, como o mundo não é um “mar de rosas” assim que ouvi falar desta surpreendente transferência lembrei-me logo dos casos de Zeferino e Tinaia que na época de 1994/95 foram também contratados pelos “galácticos” após temporadas de sucesso nas camadas jovens do FC Porto.
Por serem ambos provenientes de África dizia-se na altura que falavam crioulo entre si, o que ajudava a “desbaratinar” as defensivas contrárias, fazendo golos atrás de golos. Levados pelo empresário Manuel Barbosa, hoje “desaparecido”, os dois internacionais jovens chegaram a Espanha com o rótulo de grandes promessas do futebol nacional. No entanto, provando que a realidade por vezes é bastante dura, nunca conseguiram singrar no futebol espanhol e mesmo no principal campeonato português apenas jogaram no moribundo Alverca, hoje longe do futebol profissional. Zeferino tem hoje 30 anos e o último clube que terá representado é o Umm-Salal do Qatar. Antes passou por Logroñés, Alverca, Badajoz, Las Palmas e Real Madrid C. Quanto a Tinaia tem 29 anos e estará a jogar no Istres, dos escalões secundários franceses. Antes representou Portonovo, Logroñés, Pontevedra, Olhanense, Alverca, Elche e Real Madrid C. Como será o futuro de Alípio? Só daqui a uns anos teremos a resposta. Adiram ao blog no facebook em

5 comments :

Sabichão said...

o problema de Zeferino e Tinaia, foi q n chegaram ao Real aos 16 anos. do Bi poderia constar o 16...mas, ja iam com 20 e alguns bem carregados.

Filipe Araújo said...

Tem o exemplo de Fredy Adu. Que não chegou ao Real, mas era visto como diferenciado aos 16 anos...

Saludos!

http://gambetas.blogspot.com

Saulo said...

Também estou impressionado com essa transferência.

carlos pizzatto said...

Nem sabia dessa.

Felipe Moraes said...

Portugal e Brasil são enormes celeiros de craques. A Argentina também é outra nação de muito potencial.

Abraço,
Felipe Moraes