Monday, June 30, 2008

Fúria espanhola levou a melhor!


Quem se lembra agora de Raúl? O quase septuagenário Luís Aragonés foi alvo das críticas mais ferozes quando cometeu a ousadia de deixar o eterno capitão do Real Madrid de fora do lote dos 23 candidatos para o Euro 2008. O tempo acabou por dar razão ao veterano treinador a caminho da sua primeira “aventura” fora do seu país natal. Ao bater a Alemanha por um magro 1-0 com um golo que revela toda a garra e faro pelo golo de Fernando Torres, a Espanha sagrou-se campeã europeia. É a vitória justa da equipa que se mostrou mais regular, coesa e bem organizada ao longo da competição. Em destaque, na caminhada rumo ao título, estiveram Iker Casillas, Sérgio Ramos, Puyol, Marchena, Senna, Iniesta, Xavi, Silva, Villa e Torres, só para falar em alguns. Na final, apesar da Alemanha ter surpreendido ao mandar no jogo durante o primeiro quarto-de-hora rapidamente o meio-campo espanhol começou a ditar leis para desespero dos frios alemães que abusaram das entradas duras. Esta conquista vem pôr um ponto final no “fantasma” que afectava “nuestros hermanos”, pelo menos, desde o Mundial de 1994: Chegar a uma grande competição como favorita e desiludir sempre, saindo de prova sempre muito cedo. Caso ainda não tenham visto o golo de Torres, podem vê-lo no vídeo que está em baixo.

Entretanto, terminou a votação sobre a campanha de Portugal no Euro, tendo contado com a participação de 35 leitores. Dez acreditaram que a selecção lusa seria campeã europeia, enquanto seis julgavam que chegaria, pelo menos, à final. Três escolheram a opção meias-finais e 12 acertaram em cheio ao escolher os quartos-de-final. Por último, quatro foram os mais pessimistas ao votar na fase de grupos. Está aberta nova votação sobre quem foi, na vossa opinião, o melhor jogador do Euro 2008. As opções são muitas e todas bastante válidas. Votem!

9 comments :

Net Esportes said...

Ontem a noite eu lembrei do Raúl, fiquei pensando porque ele não estava ontem lá !!!!!!!!!!! nem sabia !!!!!!!! mas de fato não fez falta, e a Espanha mereceu o título

http://netesporte.blogspot.com/

carlos pizzatto said...

Eu não lembrava de Raúl. Particularmente, não gosto dele como jogador, seja na Fúria, seja no Real, há tempos.

Alexandre Massi said...

me impressiono com isso tb!! todos detonaram o aragonés, queriam raúl, guti, não entendiam a presença de marcos senna entre os 11, queriam fabregas desde o inicio.

Agora ficam sem ter o que falar. Apenas comemoram e esquecem de tudo.

Vinicius Grissi said...

Bela e justa vitória da Espanha! Tem um grande time. Apostava na Alemanha, mas qualquer resultado seria normal.

André Augusto said...

A Fúria mereceu mesmo. E Raúl é ícone, apesar das contestações. Mas naum fez falta, realmente

Estás relacionado, Ricky!

Abs!

beta said...

A Espanha foi a mais que justa vencedora.
Pelo brilhante futebol que praticou e pelo jogo sempre em equipa, que nunca se tentou destacar pelas individualidades, jogadas ao 1º toque, rápidas e simplies fizeram da "Roja" a melhor equipa deste Europeu.
Parabéns Espanha e pode ser que alguns aprendam que não basta ter um jogador fora de série, basta sim ter uma EQUIPA...

Anonymous said...

este foi o europeu dos frangos e das falhas... não sei como é que é possível que os espanhóis digam que o golo do Torres foi um "golazo"... pro favor, tenham vergonha, foi uma falha defensiva gritante, já que o lahm nem fez nenhum esforço para deixar o el niño passar, pensando que o cota do lehman ia segurar a bola... enfim, um final triste para um europeu da treta... só mesmo o arshavin nos quartos deu alguma emoção a isto... na memória ficará apenas a paixão da Turquia, os frangos do Cech e do Ricardo e uma Espanha muita arrumada e com alguns momentos de bom futebol... comparado com a Champions, o Europeu foi muito fraco...

Filipe Araújo said...

Sempre bom ver a Alemanha se ferrando.

Abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

Andy Carvalho said...

A Alemanha mostrou a mesma falta de vontade de jogar que tinha demostrado contra a Turquia..
Fazer u q? A Alemanha podia ter ganhado, não que a Espanha não tenha feito sua parte, mas aquela Alemanha não parecia a mesma que tirou Portugal..
Eu torci pra Alemanha, e tenho q reconhecer q a "Fúria espanhola levou a melhor.." e fez por onde.