Friday, October 31, 2008

Incongruências de Jesualdo – Parte III


O professor Jesualdo continua a brindar-nos com as suas declarações, no mínimo, contraditórias. Primeiro, afirmou que não falava de arbitragens, o que fez assim que se sentiu prejudicado pela primeira vez. Depois, garantiu que nunca tinha visto Bruno Alves dar um pontapé em ninguém, o que as imagens desmentiram. Agora, no espaço de cinco dias tem mais duas declarações absolutamente contraditórias:

Dia 30: «Como adepto, as minhas manifestações seriam de carinho e de motivação. O FC Porto perdeu um jogo que não devia ter perdido».

Dia 25: «A massa adepta do FC Porto está habituada a ganhar e quando não ganha assobia. Provavelmente, se estivesse na bancada também assobiava».

Este homem é mesmo um senhor. A expressão “o que hoje é verdade, amanhã é mentira” nunca fez tanto sentido com o professor amigo da pasta de dentes...

3 comments :

Paulo said...

Mesmo sendo um desbocado - efeitos de uma efémera passagem por Lisboa - o Prof. Jesu (como lhe chama o grande Ricky) é bi- Campeão, coisa que o sobrinho da Lola Flores e o Penteado Tranquilo dificilmente conseguirão ser.
E depois, ele ainda está a tempo de acabar a carreira no sporting, como o postiga, o derlei, o tonel - tudo campeões nacionais... pelo FCP!
Abraço

Paulo Prata

Rui Moura said...

Não querendo ser "desbocado" como o Paulo Prata, sempre diria que, por mim, o "professor" pode ficar no FCP a vida inteira. Aliás, quando o Sporting contrata certas pessoas fico triste. Prefiro não ser campeão a ter que suportar nos meus ouvidos certas pessoas falando com a gloriosíssima camisa do Sporting Club de Portugal ao peito. Do tipo de pessoas com as "bocas" do Paulo Prata, por exemplo. Claro, toda a gente sabe que quem manda "bocas" é quem não tenm capacidade para mais...

Saudações Leoninas!

Anonymous said...

Este blog não faz referência ao inferno do balneário do sporting. Porque será?
Quanto ao professor desolado penso que vai acabar a carreira no maia ou como adjunto de pedroto em angola.