Wednesday, January 14, 2009

Nistelrooy? Porque não Binya?


Que Nuno Gomes sonhe ter a capacidade de marcar golos do avançado do Real Madrid até é compreensível. Agora que o capitão da selecção e do Benfica tenha votado no holandês na eleição para o melhor do mundo para a FIFA é que é lamentável. Seguindo a linha de raciocínio de um verdadeiro “tuga”, à boa maneira de um “chico esperto”, votou ainda como segunda e terceira opção em Drogba e Eto'o. Igualmente, Queiroz optou por ignorar Messi, escolhendo Xavi, Káká e Ibrahimovic. Em oposição, os argentinos deram uma verdadeira demonstração de desportivismo, já que tanto Mascherano como Maradona votaram em Cristiano Ronaldo como primeira opção, não se preocupando que poderiam estar a prejudicar o seu compatriota. Também o Brasil teve a mesma atitude com Lúcio e Dunga a votarem em CR7 como primeira opção. Já em Espanha, Del Bosque também não teve problemas em eleger Cristiano. Já Iker Casillas ostracizou o madeirense, optando por Eto'o, Gerrard e Messi. Moral da história: Era mesmo preciso esta atitude saloia por parte de Nuno Gomes, aqui “mascarado” de Gilardino, e Queiroz? É que Messi ficaria a milhas de CR7 na votação na mesma, mas teria havido mais verdade na votação. Podem ver todas as escolhas aqui.

6 comments :

dragao vila pouca said...

Pois, até nisto nós somos diferentes...para pior!

Um abraço

Rui Moura said...

É muito simples, amigo: especialmente os benfiquistas põem à frente do interesse nacional as emoções clubistas mais baratas... Não foi também Mourinho que disse preferir ver no pódio mais alto um jogador do Internazionale?...

Português - apesar da notável inteligência de uma certa elite realmente progressista - há-de ser mentalmente pequeno por muitas gerações ainda. Não lhe bastaram a Inquisição e a Ditadura - ficaram com a mentalidade de ambas.

Folgo em ser sujeito universal e não me confundir com uns quantos que andam por aí...

Quando se diz que é mais fácil encontrar Deus passeando por aí do que encontrar um espanhol ou um argentino humilde, eu felicito os argentinos e os espanhóis por isso!... Melhor assim do que a estupidez contrária!

Desculpe a minha aparente agressividade, amigo.

Abraços cidadãos!

Rui Moura said...

Gostaria de acrescentar que me revejo na extraordinária cultura afro-luso-brasileira de língua portuguesa, que creio que estes países ainda têm um grande destino a cumprir. E penso que todos os portugueses, brasileiros, africanos e asiáticos de língua oficial portuguesa, bem como os países observadores e colaborantes na CPLP deveriam ler, pelo menos, Abdulai Silla, Alda do Espírito Santo, Fernando Pessoa, Luandino Vieira, Manuel Lopes, Mia Couto, Vinícius de Morais e Xanana Gusmão. Perceber-se-ia melhor quem somos e onde podemos chegar.

Abraços cidadãos.

Anonymous said...

Então mas agora já não se pode votar á vontade?

Fernando Gonzaga said...

até na eleição do melhor mundo pesa os fatores políticos e as rivalidades....

concordo plenamente com a vitória de Cristiano Ronaldo, mas que Messi já arrancou na frente para a próxima disputa isso é inegável...a menos que boicotem o argentino na hora da votação..

Carlão Azul said...

Concordo, acho que em alguns momentos tem de se relevar certas coisas pelo bem de algo ainda maior.

Abraços Ricky