Friday, January 23, 2009

Rabiu Ibrahim no “top 50” de “jovens promessas”

O jornal britânico “The Times” incluiu recentemente o médio nigeriano que joga nos juniores do Sporting numa lista de 50 promessas do futebol mundial. O campeão do mundo de sub-17, que chegou a Alvalade a troco de um milhão de euros quando se falava que “meia Europa” andava atrás de si, surge no lugar 45, sendo considerado o próximo Jay-Jay Okocha. Confesso que tinha bastante curiosidade em ver Rabiu Ibrahim jogar ao vivo e pude fazê-lo no último Verão durante um torneio de juniores na Guarda. Não fiquei particularmente entusiasmado ao ver o jovem de 17 anos. Deu para ver que é um jogador tecnicista com um bom pé esquerdo e boa visão de jogo. No entanto, a sua baixa estatura e o fraco poder de remate deixam-me dúvidas de que poderá vir a ser um grande jogador no futuro. Oxalá esteja enganado... Adiram ao blog no facebook em

6 comments :

Fernando Gonzaga said...

Deve ser mais um Okocha da vida, que abusa do talento e esquece que o futebol é um esporte coletivo e acima de tudo objetivo...

melhor aguardar para tirar conclusões...

Kwame Ayew said...

Segundo me dizem, o seu principal problema é ser demasiado atreito a lesões. Tem que ganhar "cabedal" e ter um pouco de sorte, é verdade. Mas pode chegar lá.

Paulo said...

o rapaz é uma jovem promessa, mas não se sabe de quê! até pode ser um promissor condutor das carrinhas da family frost!

Miau

Felipe Moraes said...

Bom, o Okocha era um malabarista, não um jogador. Mas a Nigéria já teve jogadores de habilidade e eficientes, como Amunike e outros dos quais não me recordo no momento.
Tomara que esse seja deste tipo: habilidoso, criativo, mas, acima de tudo, objetivo.

Abraço,
Felipe Moraes

Hélio Oliveira said...

Isso de novo Okocha, novo Pelé, novo Maradona nunca interessa nada.

É o Rabiu Ibrahim!

Tem de ficar fisicamente mais forte, para se impor. É preciso dar tempo ao tempo

dragao vila pouca said...

Esse moço não será aquilo a que os brasileiros chamam de gato? Uma espécie de Leandro Lima?

Um abraço