Friday, November 30, 2012

Márcio Sousa tinha tudo para ser melhor que Moutinho

Campeão europeu de sub-17 em 2003 e principal estrela dessa selecção, Márcio Sousa é apenas mais um exemplo de um atleta que gerou grandes expectativas nas camadas jovens e na transição para sénior nunca conseguiu sequer chegar perto das exibições que o notabilizaram. No jogo decisivo contra a Espanha disputado em Viseu, o estratega e número 10, então jogador dos juvenis do FC Porto depois de ter começado no Vitória de Guimarães, marcou os dois golos que garantiram a conquista do troféu. Nessa altura, o jovem tinha a alcunha de Maradona e o seu pé esquerdo prometia fazer dele um jogador de enorme futuro – um dos seus suplentes nessa selecção era João Moutinho, hoje titular indiscutível no FC Porto e na selecção principal. Quase uma década depois, a realidade é bem diferente e Márcio Sousa joga agora no Tondela, equipa estreante em campeonatos profissionais que está a fazer uma época positiva na Liga de Honra.

O jogador é o capitão e dos atletas mais utilizados por Vítor Paneira e a excelente técnica individual, o pé esquerdo apurado e a boa visão de jogo parecem não ter desaparecido, como pude comprovar na pré-época, mas, por uma razão ou outra, ainda nunca jogou no principal campeonato. Chegou a ser chamado a trabalhar junto do plantel principal do FC Porto, mas nunca teve oportunidades a sério no “reino do Dragão”. Deambulou entre a equipa “B” e empréstimos a Sporting da Covilhã, onde aparentou chegar com peso a mais, e Vizela. Rescindiu então com o FC Porto e assinou pelo Rio Maior, onde voltou a dar nas vistas e as boas exibições chamaram a atenção do Deportivo da Corunha. Contudo, quando a transferência para a equipa secundária da formação galega parecia certa, um desacordo entre empresários abortou o negócio. Seguiram-se Nelas, Penafiel, Esmoriz e Tondela, sempre na IIª Divisão, até que esta época, com 26 anos, conseguiu voltar a jogar na Liga de Honra. Ainda irá conseguirá recuperar algum do “tempo perdido”.

Adiram ao blog no facebook em

1 comment :

Zé Pelé said...

Há tantos casos deste tipo e tanto jogador desaproveitado em Portugal. Devia reflectir-se sobre isso.